11 de abril de 2010

Aonde acho algum amor?

Águas alertam alagamentos
Apitos apontam armamentos (agora)
Armados algemam assassinos
Assassinos arrombam a aurora
                              Alguém ainda acha algum amor?

Alguns ajudam autenticamente
Abaladas abortam atualmente
Acabam antes à aparição
Aliviam agravam agressão
                              Alguém ainda acha algum amor?

Álcool alfabetiza algozes
Algozes atrapalham atropelando
Alguém andando angustiado
Agora aloja-se aliviado
                              Alguém ainda acha algum amor?

Aluno alteza amador
Ajudante alienado autor
                              Aonde acham algum amor?

Aquela achou-se atraída
Abraçou a armadilha
Ateu a aterrorizada abençoou
Alianças almejaram algum amor
                              Alguém ainda acha algum amor?

assim

2 comentários:

  1. Fala sernho poeta, passando só pra ver suas lucuras heeh..
    vwl primo..bjks

    ResponderExcluir
  2. http://loucurasdelelynha.blogspot.com

    ResponderExcluir